1º de Abril: Dia dos Enganos

Coincidindo com o 1º de Abril, publicamos ontem umha notícia falsa que, a partir de algumhas comunicaçons recebidas, comprovamos ter funcionado, fazendo acreditar a nom poucos e poucas visitantes que era certa a nomeaçom de Francisco Rodrigues como novo presidente do Instituto Cervantes. Umha vez esclarecido que nom, que o BNG continua por enquanto sem posto institucional nos organismos resultantes do novo Governo espanhol, aproveitamos para explicar mais algo sobre a data em causa.

A prática totalidade de povos do mundo dedicam tradicionalmente festas e celebraçons à transgressom e subversom de valores e hierarquias. O Entruido é umha delas, e o Dia dos Enganos outra. Na Galiza e em muitos povos próximos e nem tam próximos, esse dia celebra-se no 1º de Abril. Portural, a Irlanda, a Escócia, Gales, a Alemanha, o Brasil,... fam desse dia umha jornada em que se pregam partidas e mentiras. Esta celebraçom corresponde em Espanha e numerosas ex-colónias americanas com a data de 28 de Dezembro, daí que também na Galiza tenha vindo a apagar a memória do 1º de Abril. Contodo, diversas comarcas e a própria literatura popular galega conservam esse sinal de identidade do nosso povo, que modestamente quigemos reivindicar no nosso web na jornada de ontem.

O nosso engano do Dia dos Enganos 2004:

"Francisco Rodrigues, possível substituto de Jon Juaristi como director do Instituto Cervantes

Diversas fontes indicam que em breve irá confirmar-se que o deputado do BNG Francisco Rodrigues assumirá a direcçom do Instituto Cervantes. Desse jeito, o PSOE favoreceria que o BNG poda ocupar também um cargo institucional, umha vez que as mesas do Parlamento e do Senado tenhem já todos os cargos ocupados por representantes de outros partidos. Zapatero semelha ter gostado da proposta do BNG para converter o Instituto Cervantes em instituiçom que promova nom só o castelhano, mas também o basco, o catalám e o galego-português, pois segundo afirmou o próprio José Blanco, "somos todos espanhóis". Nas próximas horas confirmaremos esta notícia-bomba."

Voltar à página principal