Calcula-se em 200 o número de ogivas nucleares israelitas

23 de Abril de 2004

O arsenal nuclear de Israel pode chegar a duascentas ogivas nucleares e é, provavelmente, o maior e mais sofisticado de todas as novas potências atómicas. A comparaçom vale para países como a Índia e o Paquistám, que tenhem armas nucleares possivelmente menos sofisticadas.

Durante cerca de 30 anos, Israel pudo lançar armas nucleares tanto com avions quanto com mísseis de longo alcance. Especialistas acreditam que os caças F-16 supridos polos Estados Unidos som a aeronave mais apropriada para levar a bomba israelita - um pequeno número deles provavelmente foi adaptado especialmente para essa finalidade, embora o F-15 de longo alcance também poda ser um veículo potencial para carga nuclear.

Acredita-se também que Israel tenha cerca de cem mísseis balísticos Jericó - cuja mais recente versom, da década de 80, tem um alcance de até 1,8 mil quilómetros. Também se acredita que Israel tenha explorado a possibilidade de colocar uma pequena parte de seu poderio bélico nuclear a bordo de submarinos, embora nom se saiba quanto se tenha avançado com esse programa.

O arsenal nuclear de Israel sempre é apresentado polos estrategistas do país como umha "apólice de seguros" para a sua agressiva política imperialista na regiom. Agora, que o Iraque e a Líbia, dous países que no passado tivérom ambiçons nucleares, estám fora do negócio de armas de destruiçom em massa, Israel predomina junto com os Estados Unidos neste ámbito, sem que nengum organismo internacional exija o desarmamento de quem tem já demonstrada a sua estratégia expansionista e, no caso ianque, usado mesmo o armamento nuclear em dous ataques contra o Japom na década de 40 do século passado.


Voltar à página principal