NÓS-Unidade Popular ante o anúncio de retirada das tropas ocupantes espanholas do Iraque

20 de Abril de 2004

Apresentamos o comunicado íntegro em que NÓS-Unidade Popular avalia a decisom do Governo espanhol de retirar as suas tropas de ocupaçom do Iraque:

NÓS-Unidade Popular ante o anúncio de retirada das tropas ocupantes espanholas do Iraque

A Direcçom Nacional de NÓS-UP quer fazer pública a sua análise e valorizaçom do anúncio de retirada das tropas ocupantes espanholas do Iraque realizada polo novo Governo espanhol do PSOE.

1.- Em primeiro lugar, devemos congratular-nos desta vitória do movimento popular que no conjunto do Estado espanhol se mobilizou nas ruas contra a guerra imperialista e pola retirada das tropas espanholas durante os últimos meses. Demonstra-se que a constáncia e firmeza na luita dos movimentos populares acaba por dar os seus frutos.

2.- Além do papel desenvolvido pola pressom social no Estado, é inegável a influência do avanço da resistência iraquiana frente aos exércitos ocupantes. As crescentes mobilizaçons de massas ao longo do país e o acompanhamento da actividade guerrilheira das milícias patrióticas estám a abocar o imperialismo a reconhecer a impossibilidade de dobregar a vontade do povo iraquiano. Mais do que nunca, cumpre apoiar a luita armada e popular dos povos que, como o do Iraque, sofrem a ocupaçom e extorsom imperialistas.

3.- Sendo um passo positivo o anunciado polo Governo espanhol, convém também nom esquecer que as tropas espanholas continuam a ocupar o Afeganistám onde, em coordenaçom com o exército norte-americano e outros ocidentais, imponhem o sofrimento a um povo que, como o iraquiano, combate a injustificável presença imperialista. Além da retirada também desse país, o movimento popular deve continuar a exigir ao Governo espanhol um firme compromisso no reconhecimento dos direitos do povo palestiniano e contra a estratégia genocida do sionismo e a cumplicidade estado-unidense na mesma.

Galiza, 18 de Abril de 2004


Voltar à página principal