Exército ianque continua a matar civis, enquanto cinco soldados ianques som mortos num ataque à base militar de Taji

24 de Abril de 2004

As guerrilhas patrióticas iraquianas continuam golpeando as forças ocupantes e colaboracionistas a diário e em cada vez mais diversificados pontos do país árabe. Bagdad, Taji e Tikrit fôrom palco de ataques guerrilheiros da resistência. Por seu turno, as forças imperialistas continuam a disparar contra a populaçom civil de maneira indiscriminada, fazendo aumentar o número de vítimas inocentes.

Em Tikrit, cidade natal do ex-líder iraquiano Saddam Hussein, um carro-bomba destruiu várias lojas perto de umha base militar americana, matando polo menos quatro polícias iraquianos. Polo menos cinco soldados norte-americanos fôrom mortos quando um foguete atingiu a base militar de Taji, 19 km a Norte de Bagdad.

Em Sadr City, subúrbio de Bagdad, produziu-se umha série de explosons, fazendo 30 mortes, polos vistos de nacionalidade iraquiana. Testemunhas afirmárom que o mercado de Sadr City, onde as maioria dos moradores é de etnia sunita, teria sido atingido por dous foguetes. Já noutras ocasions foi o local atacado polas forças imperialistas, o que fai suspeitar que se trate de um novo massacre da responsabilidade delas.

Voltar à página principal