Imagens televisivas provam a prática de torturas a presos iraquianos por parte de militares estado-unidenses

30 de Abril de 2004

O canal televisivo estado-unidense CBS emitiu as imagens que provam a aplicaçom de terríveis torturas a prisioneiros iraquianos por parte das forças de ocupaçom norte-americanas. Entre as imagens emitidas, encontra-se a de um preso amarrado de pés e maos e com a cabeça coberta, obrigado a manter o equilíbrio sobre umha caixa sob a ameaça de se electrocutado se cair ao chao.

Sabendo da existência destas provas gráficas, o o comando ianque anunciou recentemente o afastamento de 17 militares do serviço no Iraque, por causa dos maus tratos a prisioneiros. Porém, é evidente que estamos ante umha prática sistemática que fai parte da estratégia contrainsurgente estado-unidense, que já aplicou antes no Vietnam, Camboxa e outros países agredidos polo imperialismo ianque.

Também foi provada a aplicaçom de torturas a prisioneiros iraquianos e iraquianas por parte das tropas británicas no Sul do país. Além disso todo, as agressons sexuais e vexames contra mulheres som cada vez mais numerosas por parte de soldados ocupantes, segundo tenhem denunciado organismos nom governamentais do ámbito ocidental.


Voltar à página principal

 

 

Imagem de um preso amarrado a fios eléctricos, com a cabeça coberta e ameaçado de ficar electrocutado se cair da pequena caixa em que está subido
Soldados ianques humilham um grupo de prisioneiros despidos, com a cabeça coberta e amontoados uns sobre outros
Umha integrante das forças de ocupaçom ianques é fotografada diante de umha fileira de prisioneiros despidos e com a cabeça tapada