As tropas imperialistas tentam afogar em sangue a rebeliom popular xiita a Sul do Iraque

6 de Abril de 2004

As forças ocupantes estado-unidenses estám a investir importantes efectivos e meios bélicos para afogar a revolta generalizada da etnia xiita no sul do Iraque, com confrontos que nos últimos dias tenhem provocado muitas dúzias de mortes.

As milícias populares xiitas tomárom o controlo de vilas e cidades, ocupando sedes governativas pró-imperialistas e matando membros das forças de ocupaçom. Em resposta, o comando ianque enviou helicópteros artilhados e tanques ao cerco da cidade de Falluja, onde na semana passada fôrom queimados e pendurados os cadáveres de quatro guarda-costas norte-americanos em presença da populaçom, que celebrava a acçom. Agora, as forças imperialistas castigam o povo xiita, enquanto os confrontos se reproduzem noutras cidades como Nasirija, onde 15 iraquianos morrêrom e mais 12 soldados italianos ficárom feridos.

Em Bagdad, oito militares ianques ficárom mortos em diversos pontos da capital nas últimas horas, enquanto as tropas dos EUA matárom 39 iraquianos e ferírom mais 130 nos últimos dous dias.

Carros blindados e armamento pesado defende as esquadras de cidades em que as milícias patrióticas ganham posiçons ante a impotência repressiva dos exércitos ocupantes, que disparam contra manifestaçons causando mortes de civis quase a diário.

Em Falluja, 1.200 militares cercam a cidade apoiados por todo o tipo de armamento aéreo e terrestre. O objectivo seria afogar a revolta popular e, segundo o comando imperialista, apanhar os responsáveis pola morte dos quatro norte-americanos queimados e passeados polas ruas da cidade entre a aclamaçom popular.

Autoridades militares dos Estados Unidos reconhecêrom também que quatro soldados fôrom mortos na segunda-feira numha operaçom dita "de segurança" na província de Anbar, a oeste de Bagdad.

Numha declaraçom, o Exército ianque dixo que quatro fusileiros navais morrêrom com resultado de acçom inimiga, mas nom deu detalhes sobre a localizaçom precisa ou as circunstáncias da morte.

A província de Anbar inclui as cidades de Falluja e Ramadi, onde os fusileiros navais som responsáveis pola "segurança". Os comandantes militares norte-americanos recebêrom ordens de apresentar planos para o envio de reforços ao Iraque, se a actual onda de violência xiita ficar fora de controlo.

No "penúltimo" episódio de violência, choques entre tropas italianas e militantes xiitas em Nassiriya, no sul do Iraque, deixárom mais dous mortos.

Mais de 50 pessoas, incluindo mais de 20 militares das forças de coligaçom, fôrom mortas desde que os distúrbios atribuídos a Sadr começárom no sábado.

Também o contingente ocupante espanhol continua a atacar as posiçons guerrilheiras. Em Diwanija, soldados espanhóis disparárom na passada noite novamente contra milicianos xiitas, contando com o apoio de helicópteros norte-americanos "Apache".

 

Voltar à página principal