AMC convocou concentraçom contra violência machista em Ponte Areas

11 de Setembro de 2004

A Assembleia de Mulheres do Condado convocou no dia 6 de Setembro umha concentraçom às 20.30 diante da sede da Cámara municipal de Ponte Areas em protesto pola morte da primeira mulher assassinada na Galiza neste ano, Mª do Carmo Casal, viguesa de 45 anos, trabalhadora doméstica remunerada morta em Candeám.


Um grupo de vizinhas e alguns vizinhos de Ponte Areas concentrárom-se seguindo a convocatória feminista da AMC, que denunciou mais umha vez a violência machista reclamando a autoorganizaçom das mulheres como fórmula de autodefesa e denúncia da sistemática violência a que o patriarcado submete mais de metade da populaçom galega.

O caso da vizinha de Vigo é apenas mais um numha interminável série de casos de extrema violência protagonizada por homens contra mulheres. De facto, o corpo de Carmo Casal apresentava fuertes contussons na cabeça, que estava coberta com um saco de plástico e mostrava sinais evidentes de maus tratos.

Voltar à página principal