Multitudinária mobilizaçom contra guerra imperialista e resposta repressiva em Nova Iorque

30 de Agosto de 2004

Todas as previsons fôrom ultrapassadas pola realidade. Ontem domingo, várias centenas de milhares de pessoas marchárom polas ruas do centro de Nova Iorque contra a guerra imperialista liderada por George W. Bush.

O sucesso da mobilizaçom foi precedido de umha "razia" repressiva em que a polícia ianque detivo 264 pessoas em diversas acçons e manifestaçons populares anti-guerra.

A grande manifestaçom novaiorquina coincide com a convençom republicana na mesma cidade, o que fijo com que a polícia blindasse o Madison Square Garden em que o acto propagandístico-eleitoral da extrema direita ianque decorria. Além disso, as autoridades proibírom a manifestaçom de marchar polo Central Park, mas a multitude rompeu finalmente a proibiçom sem que a polícia chegasse a intervir.

Os manifestantes homologárom a estratégia imperialista de Bush com a de Hitler, denunciando a grave regressom democrática que se activou com a chegada do actual presidente à Casa Branca.

Velh@s manifestantes contra a agressom ao Vietname voltárom às ruas com gente nova, dando continuidade às manitestaçons que se tenhem sucedido nos últimos dias, também pró-abortistas e em defesa dos direitos sociais espezinhados pola Administraçom Bush.

Infelizmente, nada de bom aguarda às massas mais defavorecidas do país com a alternativa representada por John Kerry, que de resto tem apoiado no fundamental a política imperialista do actual presidente.


Voltar à página principal