Vigo: NÓS-Unidade Popular rejeita construçom de porto desportivo em Teis

27 de Agosto de 2004

Reproduzimos na íntegra o comunicado feito público por NÓS-Unidade Popular em relaçom com o conflito que se vive na praia da Lagoa, em Teis (Vigo).

Nom aos portos desportivos. A praia da Lagoa nom se vende

NÓS-Unidade Popular quer manifestar a sua firme oposiçom à construçom dum porto desportivo na praia da Lagoa, Teis. Assim como o seu apoio as reivindicaçons e mobilizaçons populares.

NÓS-Unidade Popular rechaça este tipo de actuaçons por agressivas com o meio, com a nossa identidade sócio-cultural e com a nossa economia e por estar enquadradas no processo turistificador e de eleminaçom dos nossos sectores produtivos que levam avante UE, Governo espanhol e Junta da Galiza, que pretende a venda do país e do povo trabalhador às construtoras, holdings turísticos, .. com a cumplicidade de governos municipais e forças políticas que se dim progressistas e mesmo da esquerda.

Assim mesmo, NÓS-Unidade Popular acha intolerável a construçom dumha nave ao pé da praia por parte da construtora que tem a concessom para a construçom do porto desportivo, e a cumplicidade do governo municipal e a subdelegaçom do governo nessa actuaçom que mesmo enviárom polícia para tratar de intimidar a oposiçom dos vizinhos e vizinhas e nom assim para velar pola paralisaçom da sua construçom. NÓS-Unidade Popular exige da Cámara Municipal a abertura dum expediente sancionador à empresa Astilleros y Construcciones A Lagoa, e a desmontagem ou derrube da nave ilegal.

É por isto que NÓS-Unidade Popular anima os vizinhos e vizinhas de Teis e de todo o município a continuar avante a luita contra a contruçom do porto desportivo.

 

Voltar à página principal