Comité de empresa denuncia TVG por manipulaçom informativa

7 de Novembro de 2004

O jornalista da TVG Luís Quintas, com dezassete anos de antigüidade na companhia de Radio-Televisom da Galiza (RTVG), denunciou a censura directa que lhe foi aplicada numha das informaçons que elaborou dias atrás em relaçom com os dados do inquérito sobre a populaçom activa. Neles, a Galiza figurava como sendo a comunidade autónoma do Estado espanhol em que mais aumentara o desemprego durante o mês de Outubro, tal como já informamos no nosso portal.

Segundo relatou Quintas, o telejornal da tarde suprimiu da sua notícia os dados referentes ao aumento em 5% do desemprego na Galiza durante o último ano, bem como o facto de a taxa galega ter ficado no mês passado dous pontos superior à média do Estado espanhol. Também foi suprimido o número total de desempregados e desempregadas na CAG, e a informaçom de que o desemprego tinha descido noutras comunidades enquanto aumentava na galega.

O Comité de empresa da TVG emitiu um comunicado público ratificando a existência da censura e condenando "estas práticas manipuladoras que vulneram os princípios de objectividade, veracidade e imparcialidade de umha televisom pública".

Nom é a primeira vez que a TVG é denunciada polo próprio quadro de pessoal polas burdas manipulaçons que costuma protagonizar em favor do Partido Popular. Especialmente significativos fôrom os casos de ocultaçons de mobilizaçons durante a crise do Prestige e durante as manifestaçons contra a guerra do Iraque.


Voltar à página principal