NÓS-UP leva a autodeterminaçom a lugares emblemáticos da Corunha, Ferrol, Vigo, Compostela e Ponte Areas

 

7 de Dezembro de 2004

A esquerda independentista galega encarregou-se, dentro da campanha nacional que NÓS-UP desenvolve nas últimas semanas, de que este 6 de Dezembro fosse mais do que um feriado dedicado à exaltaçom constitucionalista espanhola. Cinco cidades e vilas da Galiza registárom acçons de rua que servírom para situar a mensagem democrática da Autodeterminaçom frente à fraude da reforma estatutária que está a ser cozinhada por PSOE, PP e BNG nas altas esferas institucionais e de costas ao nosso povo.

Membros de NÓS-Unidade Popular conseguírom colocar faixas de grandes dimensons com legendas autodeterministas na Catedral compostelana, no Castelo de Sam Filipe de Ferrol, no edíficio de "Simeón" em pleno centro de Vigo, na entrada da Corunha e na sede municipal do Concelho de Ponte Areas. A seguir, oferecemos imagens de cada umha das acçons. Podes ver as nossas imagens em maior tamanho clicando sobre elas, se bem umha ampla reportagem gráfica e umha crónica da jornada pode ser consultada no web nacional de NÓS-Unidade Popular.

 

 

Voltar à página principal

 

 

Faixa de 15 metros colocada da fachada principal da Catedral de Compostela
Faixa de 8 metros pendurada no Castelo de Sam Filipe, na Ria de Ferrol
Faixa de 12 metros pendurada no Edifício "Simeón", em pleno centro de Vigo
Em Ponte Areas, a acçom cívica foi filmada por efectivos da Guarda Civil
Na Corunha, foi eliminado o ele vegetal imposto pola corporaçom municipal à entrada da cidade, ao tempo que se reivindicava a nossa autodeterminaçom