Entidades estudantis independentistas da Galiza, País Basco e Catalunha rejeitam Processo de Bolonha

4 de Março de 2005

Barcelona acolheu a apresentaçom do documento conjunto de AGIR, Coordinadora d´Estudiant dels Països Catalans (CEPC) e Ikasle Abertzaleak (IA) intitulado "Contra a privatizaçom da educaçom. Por umha escola pública. Paremos o Processo de Bolonha".

A sede do CIEMEN na capital catalá foi o cenário escolhido polas três entidades para apresentar em conferência de imprensa o citado documento, concebido como "resposta à nova reforma educativa e à construçom do chamado Espaço Europeu de Ensino Superior, que suporá a total liberalizaçom do sistema educativo e a homogeneizaçom da populaçom estudantil".

IA, CEPC e AGIR apostam pola criaçom de umha rede de oposiçom europeia ao chamado Processo de Bolonha, para o qual estám a promover iniciativas conjuntas a nível das três naçons sem Estado peninsulares.

De facto, a apresentaçom do texto referido seguiu-se às jornadas "Três povos em luita por umha universidade pública", que entre os dias 28 de Fevereiro e 4 de Março incluiu actos públicos conjuntos das três entidades estudantis nas universidades Politècnica de València (UPV-Campus Gandia), de Vic (UdVic), Alacant (UA), Girona (UdG), València (UVEG-Campus Burjassot), Pompeu Fabra (UPF-Campus Ciutadella), Tarragona (URV), Barcelona (UB) e Autònoma de Bellaterra (UAB).

Toda a informaçom e a versom integral do documento conjunto pode ser consultado no web nacional de AGIR.

 

Voltar à página principal