Morrem 17 efectivos da "contraguerrilha" colombiana num ataque das FARC

7 de Abril de 2005

Um oficial, quatro suboficiais e doze soldados das forças contrainsurgentes do Estado colombiano fôrom mortos numha emboscada guerrilheira acontecida em Arauca (Colômbia). As Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia - Exército do Povo golpeiam assim novamente a chamada "Contraguerrilha", em concreto o batalhom número 47 das forças reaccionárias ao serviço do Estado oligárquico colombiano.

A chegada ao poder de Álvaro Uribe, representante da ala mais extremista da oligarquia, supujo umha ofensiva contra as guerrilhas revolucionárias colombianas, no intuito declarado de acabar com elas pola via militar. Diversas contraofensivas guerrilheiras, principalmente das FARC-EP, tenhem demonstrado nos últimos meses a capacidade da resistência popular respondendo a cada ataque reaccionário nos mesmos termos.

Também os diversos grupos paramilitares que fam a guerra suja contra a guerrilha ao serviço do Estado tenhem sofrido nos últimos tempos importantes ataques das FARC-EP. Ao longo do mês de Março, confrontos entre colunas guerrilheiras e paramilitares permitírom à guerrilha revolucionária confiscar numeroso armamento em diversos pontos do país, fazendo um número indeterminado de mortes, superior à vintena, entre as fileiras fascistas.

 

:: Mais informaçons sobre o mesmo tema

As FARC respondem à detençom ilegal de um dos seus dirigentes em território venezuelano (+...)

FARC colombianas fam 14 baixas ao exército em resposta à ofensiva contrainsurgente de Uribe (+...)

 

Voltar à página principal