Fene: jovem operário morto no posto de trabalho

30 de Janeiro de 2005

Um jovem trabalhador, António Xavier Sanmartim Garcia, de 28 anos e natural de Maçaricos, morreu anteontem no concelho de Fene quando trabalhava na eliminaçom de passagens de nível dos caminhos de ferro. O fatal sinistro aconteceu quando a máquina retroescavadora que conduzia caiu por um talude de umha altura de cinco metros, devido à falta de visibilidade ao se realizarem os trabalhos em horário nocturno.

A empresa responsável pola segurança do operário chama-se Maquinara, do Val do Dubra, subcontratada pola companhia de caminhos de ferro RENFE através da companhia intermediária Tecsa, pertencente por sua vez ao grupo Dragados.

Esta nova morte de um obreiro no seu posto de trabalho, acontecido na freguesia fenesa de Maninhos, vem engrossar a lista de acidentes mortais que cada ano demonstram as péssimas condiçons de segurança em que numerosos trabalhadores e trabalhadoras galegas se vem obrigadas a trabalhar. As campanhas institucionais pretendem dar imagem de preocupaçom polo tema, mas o certo é que a impunidade patronal em matéria de acidentes laborais continua.

 

Voltar à página principal

 

 

Imagem do local onde aconteceu a primeira morte de um operário no seu posto de trabalho neste ano na comarca trasanquesa