Memória histórica anti-imperialista: Vietnám comemora 30 aniversário da libertaçom de Da Nang

31 de Março de 2005

O povo vietnamita comemora nestes dias o trigésimo aniversário da libertaçom da cidade costeira de Da Nang, ocupada polo exército norte-americano até 29 de Março de 1975.

A heróica derrota impingida ao imperialismo ianque nessa cidade marcou o curso da chamada "Campanha de Primavera Ho Chi Minh", que supujo a libertaçom total do território do Sul e a definitiva reunificaçom do Vietnám sob a nova direcçom do governo patriótico e comunista do Partido Comunista do Vietnám, na que foi a primeira derrota militar dos EUA nas suas aventuras imperialistas contra os povos do mundo.

O Estado vietnamita comemorou com umha cerimónia oficial em que participárom milhares de pessoas a histórica data, com discurso do secretário do Partido Comunista do Vietnám, Phan Dien, no estádio Chi Linh da cidade libertada há agora 30 anos, em que fôrom salientados os avanços em matéria social e económica que se seguírom à vitória na guerra de libertaçom nacional e conseguinte conquista da independência.

A importáncia da libertaçom de Da Nang residiu no facto de ser umha cidade com porto e aeródromo militarmente estratégicos para o domínio imperialista no conjunto do Vietnám do Sul. Numerosas instalaçons portuárias e militares ianques faziam da cidade um centro de distribuiçom para as províncias setentrionais da metade Sul do país. Da Nang foi assedida polas forças populares patrióticas até que a 29 de Março de 75 a administraçom colonial ruiu colapsada e esgotada, com deserçons massivas das unidades saigonesas para o lado revolucionário. No mesmo dia 29, foi instaurado um Comité Popular Revolucionário na presidência da Cámara municipal, e a seguir foi libertada a província de Quang Nam na sua totalidade.

A vitória de Da Nang multiplicou a força da guerrilha independentista e revolucionária do vietcom, bem como a debandada e deserçons nas forças militares do governo fantoche pró-imperialista. Cinco dias depois, a 3 de Abril, foi libertada a cidade de Nha Trang e a província de Khanh Hoa, liquidando seis divisons do exército fantoche saigonês (300.000 soldados).

A defesa de Saigon por parte da administraçom colonial foi cada vez mais precária. Foi a 26 de Abril que se iniciou a ofensiva final contra a capital do Sul, que ficou definitivamente libertada um mês depois da queda de Da Nang, a 30 de Abril de 75. Era a primeira vez que a naçom vietnamita conseguia libertar-se do jugo imperialista e colonial desde 1859, ano em que França estabelecera umha colónia no Sul da península vietnamita com o nome de Cochinchina.

Quando novos povos como o iraquiano e o afegao travam luitas de libertaçom semelhantes contra o mesmo inimigo, é bom lembrarmos que, tal como demonstrou há trinta anos atrás o glorioso povo vietnamita, a derrota do imperialismo é possível.

 

Voltar à página principal

 

 

Bandeira oficial da República Socialista do Vietnam
A seta vermelha indica a localizaçom geográfica da cidade de Da Nang