Operário de 25 anos morre numha obra de Ourense

8 de Setembro de 2005

A contagem nom deixa de aumentar. Um trabalhador de 25 anos, do sector da construçom, converteu-se hoje mesmo numha nova vítima da falta de segurança nas condiçons de trabalho na Galiza.

O acidente aconteceu em Ourense, quando um jovem operário caiu de um terceiro andar de altura no pátio interior de um prédio em que trabalhava para a empresa "Galiver". A chegada de umha unidade do 061 nom serviu para evitar a morte do trabalhador como conseqüência dos graves ferimentos sofridos.

Dá-se a circunstáncia de que esta nova morte acontece quando o Governo da Junta da Galiza mantém contactos com o Patronato e os três principais sindicatos, segundo as distintas partes para deterem a sucessom de acidentes de todo o tipo, incluídos os mortais, que continuamente golpeiam a classe trabalhadora galega. Os contactos estám a excluir qualquer reclamaçom aos empresários pola sua directa responsabilidade na morte do pessoal ao seu serviço, bem como o reconhecimento pola Administraçom do abandono que até agora tem acompanhado a acçom de governo nesta matéria. Resta é saber se as cousas vam mudar ou continuarám na mesma, mas entretanto as mortes continuam.

 

:: Mais informaçons sobre o mesmo tema, publicadas durante 2005 no nosso portal

>>Agosto

À espera de medidas concretas contra os acidentes laborais (+...)

Trabalhador de 25 anos morre em Vigo nas obras do IFEVI (+...)

Segurança no trabalho: confirma-se o baixo preço das mortes de obreir@s galeg@s (+...)

Mortes e despedimentos: violência patronal contra a classe trabalhadora continua (+...)

>>Julho

Sinistros laborais e impunidade: mais um operário morto na comarca de Vigo (+...)

Vigo: quinto obreiro morto no posto de trabalho em dous meses (+...)

Porto exterior: NÓS-UP reclama responsabilidades e CIG denuncia absoluta carência de segurança (+...)

Camionista morre nas obras do porto exterior da Corunha (+...)

>>Junho

Dous operários da construçom morrêrom nos últimos dias no posto de trabalho (+...)

>>Maio

Novo acidente laboral mortal, agora em Torre do Berzo (+...)

Outro operário morto enquanto trabalhava, desta vez em Vigo (+...)

Confirma-se responsabilidade patronal na morte de quatro operári@s em Ferrol (+...)

Outros três trabalhadores e umha trabalhadora morrem no posto de trabalho nos estaleiros de Ferrol (+...)

>>Abril

Jovem operário naval morre nos estaleiros de Ferrol (+...)

>>Março

Sinistralidade laboral aumentou na Galiza em 2004 (+...)

Mais umha vítima mortal por acidente laboral nas comarcas do Leste (+...)

>>Fevereiro

Operário da construçom morre no posto de trabalho no Berzo (+...)

Oito trabalhadores galegos do mar morrem no Cantábrico (+...)

>>Janeiro

Fene: jovem operário morto no posto de trabalho (+...)

Sinistros laborais graves aumentárom na Galiza 10% em 2004 (+...)

 

Voltar à página principal