Mais um acidente mortal na construçom em Vigo

6 de Dezembro de 2005

Valentín Rende Gomes é o nome do operário galego de 39 anos que por uns dias ocupa o lugar de última vítima mortal da falta de segurança no mercado laboral da Galiza, antes de que se produza umha nova morte certa e as medidas de choque anunciadas continuem sem ser tomadas. Era vizinho de Tui e trabalhador de um dos sectores mais perigosos no nosso país: o da construçom. O sinistro aconteceu polas 10 da manhá do passado dia 2 de Dezembro, nas obras de construçom de umha nave empresarial por parte do quadro de pessoal da firma "Luso Galaica".

A apisonadora que o operário guiava caiu do alto de um muro de sete metros, morrendo Valentín Rende esmagado pola máquina, de 12 toneladas de peso. Este novo acidente mortal confirma a alta sinistralidade existente na Galiza, e de maneira especial na comarca de Vigo, onde fontes sindicais referem problemas para a rápida actuaçom dos serviços de urgências quando se produzem acidentes laborais, devidos às carências em empresas com menos de 25 empregad@s, quando na verdade as pequenas firmas costumam estar agrupadas em zonas industriais como a do Parque Tecnológico de Valadares, onde aconteceu esta última morte, o que permitiria partilhar despesas e garantir um rápido atendimento em caso de acidente.


:: Mais informaçons sobre o mesmo tema, publicadas durante 2005 no nosso portal

>>Novembro

Mais umha vítima mortal da insegurança no trabalho (+...)

>>Setembro

Operário morto como conseqüência das queimaduras sofridas num acidente laboral em Cee (+...)

Operário de 25 anos morre numha obra de Ourense (+...)

>>Agosto

À espera de medidas concretas contra os acidentes laborais (+...)

Trabalhador de 25 anos morre em Vigo nas obras do IFEVI (+...)

Segurança no trabalho: confirma-se o baixo preço das mortes de obreir@s galeg@s (+...)

Mortes e despedimentos: violência patronal contra a classe trabalhadora continua (+...)

>>Julho

Sinistros laborais e impunidade: mais um operário morto na comarca de Vigo (+...)

Vigo: quinto obreiro morto no posto de trabalho em dous meses (+...)

Porto exterior: NÓS-UP reclama responsabilidades e CIG denuncia absoluta carência de segurança (+...)

Camionista morre nas obras do porto exterior da Corunha (+...)

>>Junho

Dous operários da construçom morrêrom nos últimos dias no posto de trabalho (+...)

>>Maio

Novo acidente laboral mortal, agora em Torre do Berzo (+...)

Outro operário morto enquanto trabalhava, desta vez em Vigo (+...)

Confirma-se responsabilidade patronal na morte de quatro operári@s em Ferrol (+...)

Outros três trabalhadores e umha trabalhadora morrem no posto de trabalho nos estaleiros de Ferrol (+...)

>>Abril

Jovem operário naval morre nos estaleiros de Ferrol (+...)

>>Março

Sinistralidade laboral aumentou na Galiza em 2004 (+...)

Mais umha vítima mortal por acidente laboral nas comarcas do Leste (+...)

>>Fevereiro

Operário da construçom morre no posto de trabalho no Berzo (+...)

Oito trabalhadores galegos do mar morrem no Cantábrico (+...)

>>Janeiro

Fene: jovem operário morto no posto de trabalho (+...)

Sinistros laborais graves aumentárom na Galiza 10% em 2004 (+...)

 

Voltar à página principal

 

 

Local onde aconteceu o último sinistro mortal no mundo do trabalho da Galiza