Grave acidente laboral em pleno centro de Vigo

13 de Janeiro de 2006

Mais um grave acidente laboral aconteceu no passado dia 9 em Vigo, ao tombar um muro de umha obra sobre três operários, que ficárom supultados até que um resgate de várias horas de duraçom a cargo dos bombeiros municipais acabou por lhes salvar a vida.

No entanto, um dos obreiros, de 42 anos, ficou ferido ligeiro e os outros dous graves. Som Zenón Esteves Gernica, de 32 anos, e Thierno Zian, trabalhador imigrante de 29 anos de origem senegalesa, que ficou com politraumatismos e hipotermia.

Os operários feridos participavam nos trabalhos prévios à construçom de um prédio de quatro andares a cargo da empresa promotora Campo Naval SL e da subcontrata Oinca, da qual dependiam os obreiros atingidos pola derrubada do muro.

A vizinhança denunciou o mau estado da rede de esgotos nessa rua, o que poderia explicar que se produzisse a queda do muro, existindo numerosas vias de água no subsolo e zonas em que o piso carece da necessária firmeza.

A CIG apontou para a responsabilidade da Cámara Municipal por ter dado licença para o início das obras sem as necessárias garantias de segurança, além da correspondente à empresa subcontratada, por ter utilizado operários sem a necessária experiência num trabalho complexo e com riscos anunciados. De facto, um dos feridos desenvolvia a sua primeira jornada laboral na empresa.

O sindicato nacionalista reclamou a actuaçom da Fiscalia para que sejam apuradas as responsabilidades "tanto municipais como empresariais", exigindo que "nom se deixem impunes os culpados, como adoita ocorrer quando se trata de um acidente destas características, ou mesmo com resultado de morte".

Há que sublinhar mais umha vez que o da construçom é dos sectores com maior índice de acidentes laborais na Galiza, apesar do qual continuam a repetir-se casos como o da passada segunda-feira sem que sejam tomadas medidas sancionadoras nem preventivas.

 

:: Mais informaçons sobre o mesmo tema

Primeiro operário morto no trabalho em 2006 (+...)

 

Voltar à página principal

 

 

Imagem do atendimento aos feridos num novo acidente laboral no sector da construçom em Vigo