Detidos sete militantes de AGIR em Compostela

4 de Maio de 2005

A entidade estudantil da esquerda independentista informa no seu web da detençom de sete militantes por parte da Polícia espanhola no Palácio de Congressos de Compostela. As detençons acontecêrom quando um grupo de estudantes irrompeu no Congresso de Docência que decorria no local, com participaçom de responsáveis políticos e institucionais como o conselheiro da Educaçom da Junta da Galiza, Celso Currás, ou o próprio presidente da autonomia, Manuel Fraga.

O acto institucional tinha por objectivo declarado reflectir sobre o novo Espaço Europeu do Ensino Superior, conhecido como Processo de Bolonha, contra o qual AGIR desenvolve umha campanha nos últimos meses. Os estudantes de AGIR pretendiam despregar umha faixa de protesto contra as regressivas reformas previstas, quando um grupo de polícias espanhóis nom uniformados se lançou sobre eles, introduzindo sete em diversos veículos policiais e levando-os para a esquadra da capital da Galiza.

Nom temos neste momento mais notícias sobre os factos. Unicamente sabemos que outros integrantes de AGIR estám concentrados na esquadra policial à espera de ter notícias dos companheiros e companheiras detidas.

 

Voltar à página principal