@s sete estudantes detid@s em Compostela ficárom livres e som acusadas de "desordens" e "resistência à autoridade"

8 de Maio de 2005

As cinco mulheres e dous homens detidos anteontem quando tentavam despregar umha faixa contra a implantaçom do Espaço Europeu de Ensino Superior durante a inauguraçom do chamado "Salom Docentia", ficárom livres na tardinha da mesma sexta-feira, após passarem todo dia entre os calabouços e as declaraçons.

AGIR informa no seu web de que @s sete militantes da entidade estudantil independentista som acusad@s de desordens e resistência à autoridade, apesar de se terem limitado a tentar exercer o direito de livre expressom das ideias ante os máximos responsáveis políticos e educativos da Galiza, incluído Manuel Fraga.

A entidade estudantil da esquerda independentista garante que continuará a fazer frente à implantaçom do chamado Processo de Bolonha nas universidades da Galiza, fazendo um chamado ao estudantado do nosso país para se organizar e luitar contra a precarizaçom do ensino público galego.

Especialmente significativo neste caso está a ser o silêncio que mantém o chamado Movimento polos Direitos Civis, constituído em Compostela por diversas organizaçons autonomistas que limitam as suas condenas aos atropelamentos similares contra entidades ligadas ao BNG ou àqueles dos quais julgam poderem tirar algum rendimento partidista.

Pola nossa parte, e como fazemos com qualquer entidade popular represaliada com independência das siglas a que responda, manifestamos também nesta ocasiom o nosso incondicional apoio aos companheiros e companheiras represaliadas e a nossa satisfaçom pola sua libertaçom. Reclamamos ainda a retirada de qualquer medida repressiva acrescentada à que já padeceu este grupo de estudantes por simplesmente tentar manifestar-se contra umha medida lesiva para o ensino público em que estuda a maioria da nossa juventude.

 

:: Mais informaçons sobre o mesmo tema

- Detidos sete militantes de AGIR em Compostela (+...)

- CIG e MpDC: sectarismo frente à repressom (+...)

- Compostela: AGIR organiza V Jornadas Marxistas, dedicadas ao tema "ensino e capitalismo" (+...)

 

Voltar à página principal

 

 

Imagem à saída da esquadra d@s sete estudantes detid@s e conduzidos aos calabouços compostelanos por terem "ousado" manifestar ante Manuel Fraga e Celso Currás a sua oposiçom ao Espaço Europeu de Ensino Superior