NÓS-UP demonstra em Ponte Areas insalubridade de fontes sob responsabilidade municipal

 

30 de Abril de 2005

Representantes de NÓS-Unidade Popular apresentárom em conferência de imprensa pública a documentaçom que demonstra a responsabilidade do Governo municipal de Ponte Areas em relaçom com os casos de problemas intestinais provocados polo consumo de água das fontes públicas da vila.

Ante a ocorrência de diversos problemas de saúde em vizinhos e vizinhas de Ponte Areas, logo começárom as suspeitas de poderem ter a sua origem no consumo de água nom potável nas fontes públicas, teoricamente controladas pola instituiçom municipal.

NÓS-Unidade Popular insistiu nos últimos tempos na necessidade de garantir um controlo efectivo da qualidade das águas, tendo havido recentes actividades relacionadas com a construçom nas redondezas das áreas em que se encontram as fontes da vila do Condado.

Ante o desleixo continuado da equipa de Governo da direita e extrema direita presidida por Salvador Gonçalvez Solha, a própria NÓS-Unidade Popular tomou a iniciativa de encomendar a umha equipa técnica a análise das águas. O resultado demonstrou a contaminaçom da fonte da rua de Abaixo por "infinitas coliformes", segundo afirma o diagnóstico técnico.

Além de apresentar as provas, NÓS-UP exigiu a demissom de Salvador Gonçalvez Solha, ante o evidente "desleixo para com a saúde pública, negligência e temeridade no exercício do Governo municipal". Ao mesmo tempo, a organizaçom da esquerda independentista reclama mais umha vez a adopçom de medidas para solucionar um importante problema para a saúde pública como é a contaminaçom de águas que estám a ser consumidas pola populaçom, tendo que ser NÓS-UP quem acabasse por demonstrá-lo ante o desinteresse do Governo do PP e UCPA.

 

Voltar à página principal

 

 

Imagem da conferência de imprensa de NÓS-Unidade Popular em Ponte Areas