BRIGA e AMI apoiam candidatura de NÓS-Unidade Popular às Eleiçons autonómicas

17 de Junho de 2005

Nos últimos dias, as duas principais entidades juvenis independentistas galegas, BRIGA e AMI, figérom públicos comunicados de apoio à candidatura soberanista e socialista apresentada por NÓS-Unidade Popular para as Eleiçons do próximo domingo. Ambas organizaçons coincidem ao reconhecer em NÓS-UP a maior coerência programática e compromisso com umha política ao serviço da maioria social galega, afastada de oportunismos eleitoralistas e de falsos "votos úteis".

BRIGA desfai no seu comunicado os tópicos que sustentam o pedido de voto na coligaçom PSOE-BNG, ante a evidência do que tenhem sido as suas políticas dos espaços de poder que já ocupa, nomeadamente concelhos como Compostela, afirmando a seguir que a de NÓS-UP é a única lista "comprometida com a libertaçom da juventude trabalhadora galega, que assinala os verdadeiros problemas que está a sofrer a Galiza e as suas classes trabalhadoras, e que tem demonstrado a sua solidez como referente para a esquerda independentista e tod@s @s jovens conscientes do actual estado de retrocesso das liberdades e conquistas d@s operári@s".

Quanto à AMI, o seu extenso comunicado critica o eleitoralismo e os personalismos que movêrom a configuraçom da candidatura da FPG, bem como as suas cedências em aspectos programáticos essenciais e a disposiçom a hipotéticos pactos alheios às forças próprias galegas. A AMI acha mais próxima dos seus próprios "parámetros" a proposta de NÓS-Unidade Popular, concluindo com um ataque à armadilha do dito "voto útil".

Ambos comunicados podem ser consultados nos respectivos webs juvenis ou entom no especial eleiçons do web nacional de NÓS-Unidade Popular.

 

Voltar à página principal