Detidos três militantes de BRIGA quando derrubavam a estátua de Millán Astray na Corunha

18 de Maio de 2005

Três jovens militantes da organizaçom juvenil independentista BRIGA fôrom detidos na manhá de hoje quando cortavam os pés à estátua de Millán Astray na praça do mesmo nome da cidade da Corunha. A acçom antifascista foi realizada com umha rebarbadora, nom chegando a consumar-se por pouco. Umha carrinha da polícia de choque espanhola e vários carros patrulha chegárom ao local e detivérom os três jovens, que nestes momentos continuam detidos na esquadra policial das Lonças.

A acçom de hoje fai parte da multitude de iniciativas semelhantes que se tenhem repetido nos últimos anos ao longo da geografia galega, e que já permitírom a eliminaçom de importantes símbolos do fascismo espanhol dos nossos espaços públicos. Ao mesmo tempo, BRIGA explica no seu web nacional que o acto da Corunha se enquadra na campanha popular contra o desfile do Exército espanhol previsto para o dia 29 de Maio das ruas corunhesas. BRIGA afirma que a estátua "é um insuto aos milhares de pessoas que luitárom contra o fascismo e que ainda o fam, um insulto na face da juventude galega da que este exército fascista leva nutrindo-se desde há séculos".

Para as 20:30 horas de hoje foi convocada umha concentraçom de solidariedade com os detidos na estaçom dos comboios da Corunha.

Podes ver toda a informaçom sobre esta nova acçom antifascista no web nacional de BRIGA.

 

Voltar à página principal

 

 

Imagem da estátua ao fascista e fundador da Legion espanhola, Millán Astray, atacada hoje na Corunha