Pres@s independentistas transferidos para Brieva e Navalcarnero

11 de Setembro de 2005

A entidade anti-repressiva CEIVAR informa no seu web da transferência d@s jovens independentistas galeg@s Giana Rodrigues e Ugio Caamanho do cárcere de Soto del Real, em Madrid, para os de Brieva, em Ávila, e Navalcarnero, em Madrid, respectivamente.

A transferência realizou-se sem aviso prévio e parece responder à política de dispersom com que as autoridades prisionais costumam punir os presos e as presas políticas, através do afastamento dos territórios de origem e o isolamento de outros presos e presas políticas, endurecendo assim as condiçons de internamento.

CEIVAR denuncia a violaçom do direito internacionalmente reconhecido a cumprir a prisom, quer preventiva, quer após sentença condenatória, nas redondezas do local de residência no próprio país, algo que nom está a acontecer com Ugio e Giana. Deste jeito, além da piora de condiçons em que amb@s devem permanecer pres@s, dificultam-se também as visitas de familiares e amizades, que tenhem de percorrer centenas e até milhares de quilómetros, com o custo económico e o risco que implica, para verem os seus seres queridos.

Nom cansaremos de reclamar um trato digno para @s dous jovens, bem como o respeito por todos os seus direitos, que no curto período de reclusom transcorrido já fôrom desrespeitados reiteradamente polas autoridades carcerárias espanholas.

 

Voltar à página principal

 

 

Imagem de um dos acessos à prisom de Brieva, em Ávila