Povo brasileiro também sai às ruas em protesto pola presença de Bush no país

6 de Novembro de 2005

Depois do massivo rejeitamento popular à presença de Bush em solo argentino, o povo brasileiro saiu à rua logo que o genocida ianque pujo o pé em território do Brasil. A sua chegada à capital, Brasília, foi acompanhada de um operativo de segurança sem precedentes, incluindo o isolamento de diversas áreas da cidade por onde George W. Bush iria passar.

A esquerda brasileira convocou numerosos actos populares de rechaço à presença de Bush um pouco por todo o enorme país sul-americano, como forma de protesto contra a política imperialista norte-americana no continente e no mundo todo.

Assim, São Paulo, Salvador e Recife acolhêrom ontem sábado as principais manifestaçons contra o presidente estado-unidense, na que foi primeira visita oficial ao Brasil. 2000 pessoas marchárom em São Paulo e 1000 em Pernambuco. Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Belém e outras capitais tinham previstas mobilizaçons diversificadas, frente à manifestaçom única que na Argentina deu resposta ao imperialismo ianque em Mar del Plata.

O próprio Bush declarou dias atrás que o Brasil de Lula "ocupa umha posiçom única" na regiom, considerando-o "vital" para o que o sanguinário líder da extrema direita ianque chama "a consolidaçom da democracia na América Latina".

O presidente dos Estados Unidos afirmou sentir-se "impressionado" com as recentes reformas económicas do Governo Lula, elogiando "o comprometimento do presidente com o sentimento do povo", em referência ao programa "Fame Zero".

Outros funcionários da Administraçom Bush adoptárom a mesma linha discursiva, marcando bem a diferença a respeito dos virulentos ataques que a Casa Branca dirige aos governos venezuelano e cubano. A mesma visita e entrevista que Bush agendou em Brasília com Lula seria impensável em Caracas ou Havana, o que di pouco da firmeza do Governo brasileiro perante o reaccionário e intervencionista Governo estado-unidense.

 

:: Mais informaçons sobre o mesmo tema

Massas da América Latina tomam as ruas da Argentina unidas pola palavra de ordem "Fora Bush" (+...)


Voltar à página principal