Julgamento contra filiado de NÓS-Unidade Popular por exercer solidariedade operária

25 de Novembro de 2005

Hoje terá lugar nos Julgados de Ponte Areas um julgamento contra a esquerda independentista organizada na comarca do Condado. Trata-se do responsável comarcal de NÓS-UP, que foi denunciado de "agressom" a um motorista que quase atropelou com o autocarro que conduzia as trabalhadoras da empresa Avigan durante um corte do tránsito na estrada N-120 durante as luitas do quadro de pessoal dessa firma contra o fechamento imposto polo patronato, no ano 2004.

NÓS-Unidade Popular apoiou activamente durante todo o conflito as trabalhadoras, obtendo no seu dia o reconhecimento público do Comité de empresa. Agora a Justiça espanhola leva a tribunal um dirigente comarcal da organizaçom independentista, no que constitui mais um capítulo da repressom continuada, nas diversas comarcas em que a esquerda independentista mantém actividade organizada, e a nível nacional em campanhas como as dirigidas pola Guarda Civil contra BRIGA e AMI nos últimos meses.

De Primeira Linha em Rede manifestamos a nossa solidariedade com o companheiro de NÓS-UP e reclamamos a sua livre absoluçom, encorajando o povo do Condado a continuar organizando-se e luitando pola Galiza que queremos.

Mais informaçom no web de NÓS-UP.


Voltar à página principal

 

 

Imagem de um dos cortes de tránsito que serviu de escusa para o processo repressivo actualmente em curso no Condado