Operário morto como conseqüência das queimaduras sofridas num acidente laboral em Cee

25 de Setembro de 2005

Continua em aumento o número de obreiras e obreiros mortos na Galiza como conseqüência da falta de segurança no trabalho. Desta vez foi na vila de Cee, na Costa da morte, onde três operários da factoria siderúrgica de Ferroatlántica ficárom feridos na passada quinta-feira, com graves queimaduras por causa da explosom de um forno.

Um dos trabalhadores, Luís Rodrigues Castro, de 46 anos, que sofrera queimaduras em 85% do seu corpo, acabou por falecer ontem sábado num hospital da Corunha. Outros acidentes tenhem acontecido já na mesma factoria; no entanto, este parece ter sido o mais grave de todos eles.

A Conselharia do Trabalho anunciou a abertura de um inquérito técnico sobre as circunstáncias do acidente, através da Inspecçom do Trabalho e do Gabinete de Segurança e Saúde Laboral. Está por ver se as cousas vam ficar na propaganda ou começará a haver pedido de responsabilidades ao patronato polo alto índice de acidentes laborais que a Galiza regista.

O anúncio realizado pola nova Conselharia de um grande acordo pola segurança no trabalho nom se viu ainda concretizado em medidas efectivas e enérgicas que atalhem a sangria de acidentes no nosso país, que como se vê continuam ao mesmo ritmo.

 

:: Mais informaçons sobre o mesmo tema, publicadas durante 2005 no nosso portal

>>Setembro

Operário de 25 anos morre numha obra de Ourense (+...)

>>Agosto

À espera de medidas concretas contra os acidentes laborais (+...)

Trabalhador de 25 anos morre em Vigo nas obras do IFEVI (+...)

Segurança no trabalho: confirma-se o baixo preço das mortes de obreir@s galeg@s (+...)

Mortes e despedimentos: violência patronal contra a classe trabalhadora continua (+...)

>>Julho

Sinistros laborais e impunidade: mais um operário morto na comarca de Vigo (+...)

Vigo: quinto obreiro morto no posto de trabalho em dous meses (+...)

Porto exterior: NÓS-UP reclama responsabilidades e CIG denuncia absoluta carência de segurança (+...)

Camionista morre nas obras do porto exterior da Corunha (+...)

>>Junho

Dous operários da construçom morrêrom nos últimos dias no posto de trabalho (+...)

>>Maio

Novo acidente laboral mortal, agora em Torre do Berzo (+...)

Outro operário morto enquanto trabalhava, desta vez em Vigo (+...)

Confirma-se responsabilidade patronal na morte de quatro operári@s em Ferrol (+...)

Outros três trabalhadores e umha trabalhadora morrem no posto de trabalho nos estaleiros de Ferrol (+...)

>>Abril

Jovem operário naval morre nos estaleiros de Ferrol (+...)

>>Março

Sinistralidade laboral aumentou na Galiza em 2004 (+...)

Mais umha vítima mortal por acidente laboral nas comarcas do Leste (+...)

>>Fevereiro

Operário da construçom morre no posto de trabalho no Berzo (+...)

Oito trabalhadores galegos do mar morrem no Cantábrico (+...)

>>Janeiro

Fene: jovem operário morto no posto de trabalho (+...)

Sinistros laborais graves aumentárom na Galiza 10% em 2004 (+...)

 

Voltar à página principal

 

 

Vista aérea da factoria siderúrgica de Ferratlántica em Cee