Sindicalista da CIG detido por participar num piquete durante a greve das ambuláncias

19 de Janeiro de 2006

O secretário comarcal na Corunha da Federaçom dos Transportes da Confederaçom Intersindical Galega foi hoje detido pola Polícia espanhola, sob acusaçom de "ter furado umha roda a umha ambuláncia". A actuaçom repressiva enquadra-se na greve do sector das ambuláncias, com que as trabalhadoras e trabalhadores reivindicam melhorias salariais e a reduçom das abusivas jornadas laborais, de até 12 e 24 horas continuadas nos dias de guarda. Para além da exploraçom que semelhantes jornadas implicam, a própria segurança de doentes e trabalhadores/as fica exposta por culpa do afám lucrativo do patronato.

A greve, convocada em princípio até amanhá dia 20, reclama também um convénio próprio para o sector na Galiza. A resposta tem sido, como é costume, a pressom policial contra os trabalhadores e trabalhadoras, dando também apoio às tentativas patronais de furar a greve.

Manifestamos daqui a nossa solidariedade com os companheiros e companheiras em greve e com o sindicalista detido polas forças repressivas.

 

Voltar à página principal