Vigo: quarto trabalhador morto em acidente laboral nos últimos quinze dias

7 de Junho de 2005

Um novo operário morreu ontem em Vigo polas 16.30 horas, esmagado segundo parece polas rodas do próprio camiom que acabava de conduzir, na rua Rosalia de Castro. Trata-se de um camionista da empresa Sánchez Álvarez, e é o quarto morto no sector da construçom nas últimas duas semanas na comarca viguesa.

No momento que redigimos estas linhas, só se conhecem as iniciais identificativas do obreiro falecido, J. S. A., de 52 anos, mas dá nas vistas o facto de esta nova morte acontecer três dias depois da manifestaçom de 4000 operários promovida polo sector naval com o apoio do da construçom em Vigo para reclamar medidas de choque que garantam a segurança no trabalho dos trabalhadores e trabalhadoras galegas.

Mais umha vez, devemos concluir esta luctuosa notícia afirmando que se desconhece qualquer iniciativa institucional e patronal rumada a atalhar o aumento da sinistralidade laboral na Galiza, especialmente significativa nos últimos tempos em diversos pontos, entre os quais as comarcas de Trasancos e Vigo.

 

:: Outras informaçons sobre o mesmo tema

Dous operários da construçom morrêrom nos últimos dias no posto de trabalho, em Gondomar e Alhariz (+...)

Novo acidente laboral mortal, agora em Torre do Berzo (+...)

Confirma-se responsabilidade patronal na morte de quatro operári@s em Ferrol (+...)

Outros três trabalhadores e umha trabalhadora morrem no posto de trabalho nos estaleiros de Ferrol (+...)

Jovem operário naval morre nos estaleiros de Ferrol (+...)


Voltar à página principal