NÓS-UP solidariza-se com a esquerda abertzale e pede a liberdade imediata para Arnaldo Otegi

26 de Maio de 2005

NÓS-Unidade Popular foi por enquanto a única organizaçom política galega que fijo pública a sua solidariedade com o movimento independentista basco, numha altura em que o Governo espanhol está a incrementar a acçom repressiva e o porta-voz de Batasuna foi levado à prisom pola Justiça espanhola. Reproduzimos a seguir o comunicado difundido pola organizaçom socialista e soberanista galega, que também pode ser consultado no seu web nacional, e aproveitamos para somar-nos à exigência de liberdade para Arnaldo Otegi.

"Otegi encarcerado: o diálogo a prisom

Nas últimas semanas, boa parte da esquerda europeia olhamos com atençom o que pareciam ser os primeiros passos dum processo de diálogo que resolvesse o violento conflito que enfrenta o Estado espanhol com o País Basco. A resoluçom do Parlamento espanhol em favor da negociaçom gerou multitude de expectativas em amplos sectores.

Porém, o encarceramento na passada quarta-feira de Arnaldo Otegi, líder de Batasuna e porta-voz habitual da esquerda independentista basca, por parte do juiz Grande Marlaska a pedido da fiscalia, pom em questom as "boas intençons" de ZP.

O PSOE respondeu ao novo clima de diálogo enviando à cadeia um dos principais agentes dumha eventual negociaçom, nada mais e nada menos que o mais conhecido representante da esquerda independentista basca. Por se alguém o duvidava, se nom pode depositar confiança nos gestores do Estado que se beneficia da opressom e da violência no País Basco.

De NÓS-UP, queremos mostrar toda a nossa solidariedade internacionalista com a esquerda independentista basca e solicitamos a imediata liberdade para Arnaldo Otegi, assim como o fim da repressom policial e judicial contra o povo trabalhador basco.

Permanente Nacional de NÓS-UP
Galiza, 26 de Maio de 2005
"

 

Voltar à página principal