Ofensiva repressiva ianque contra o independentismo porto-riquenho

12 de Fevereiro de 2006

As forças repressivas federais dos Estados Unidos (FBI) dirigem nestes dias umha ofensiva de grandes dimensons contra o movimento independentista porto-riquenho, com numerosos arrestos de jornalistas, líderes sindicais, comunitários e políticos conhecidos pola sua filiaçom soberanista e socialista.

As detençons vem-se acompanhadas de grandes operativos de fardados, dezenas de veículos, uso de helicópteros e armas longas, encontrando a oposiçom da vizinhança que aplaude os detidos e nalguns casos lança pedras às forças federais ianques. A escusa está a ser, mais umha vez, a acusaçom de "terrorismo" contra a liderança independentista, o que inclui o isolamento d@s detid@s e a proibiçom de falarem com @s advogad@s.

A ofensiva fai parte da resposta institucional ao visível reforçamento do movimento independentista em Porto Rico após o assassinato por parte da Polícia norte-americana do líder histórico independentista Filiberto Ojeda Rios, episódio de que já falamos no seu momento no nosso portal.

De facto, entre o ainda indeterminado número de pessoas detidas, salienta o independentsita William Moler, porta-voz da coordenadora popular "Rompiendo el Perímetro", que convocou a maior manifestaçom de protesto contra a morte a tiros de Ojeda Rios no passado mês de Setembro.

As organizaçons e meios de comunicaçom porto-riquenhos denunciam o silenciamento imposto polo Governo federal durante esta campanha repressiva, prática habitual nas actuaçons policiais contra a dissidência política. Pola nossa parte, nom queremos deixar de apoiar até onde nos for possível, na difusom e denúncia dos acontecimentos destes dias em Porto Rico, manifestando a solidariedade galega com o heróico povo porto-riquenho na sua justa luita pola independência e o socialismo.

 

:: Mais informaçons sobre o mesmo tema

Polícia federal ianque mata a tiros líder independentista porto-riquenho (+...)

 

Voltar à página principal

 

 

Instantánea de um dos numerosos operativos de caça ao independentista na ilha de Porto Rico