Repressom económica em Compostela: 1000 euros de multa a um jovem acusado de fazer pintadas

9 de Fevereiro de 2006

Segundo a entidade juvenil independentista BRIGA informa no seu web nacional, um dos seus militantes em Compostela acaba de ser multado com mais de 1000 euros após ter sido acusado pola Cámara Municipal da capital galega de ter realizado pintadas na cidade em Novembro de 2004.

A base acusatória foi unicamente o reconhecimento do jovem como militante independentista por parte da Polícia. Nengumha prova material concreta e contrastada foi apresentada, apesar do qual a juíza nom duvidou em dar por boa a versom institucional, policial e da fiscalia, impondo umha multa que pretende servir de exemplo à juventude organizada sob parámetros revolucionários e politicamente activa.

Diversos indícios conduziam a questionar a acusaçom, como o facto de nom coincidirem as roupas do acusado e as de quem, segundo polícias à paisana, realizara as tais pintadas. Tampouco a evidência dos diferentes tipos de letra verificáveis nas mais de trinta pintadas de que foi acusado.

Lembremos mais umha vez que por trás desta política de assédio e repressom económica continuada contra a esquerda independentista e os movimentos sociais em Compostela está o Governo municipal de coligaçom entre o PSOE e o BNG, bem como um modelo de cidade elitista e policial, que abafa a liberdade de expressom e os direitos civis.

Aproveitamos a ocasiom para transmitir a nossa solidariedade aos jovens e às jovens de BRIGA e das restantes organizaçons continuamente perseguidas, animando-as a continuar a luita para nom perdermos a rua.

 

Voltar à página principal