Novas imputaçons pola carga policial do 1º de Maio em Vigo

6 de Agosto de 2005

A organizaçom juvenil independentista BRIGA informa no seu web da imputaçom contra dous novos jovens em relaçom com a carga policial contra a manifestaçom do 1º de Maio convocada pola CIG em Vigo. Ao todo, som já cinco as pessoas atingidas pola via repressiva de carácter judicial, três delas militantes de BRIGA. As acusaçons som de "agressom à autoridade" e "desordens públicas e danos".

Na verdade, os verdadeiros agressores fôrom os próprios polícias de choque espanhóis, que rebentárom a manifestaçom com umha actuaçom selvagem que deixou umha manifestante ferida (filiada de NÓS-UP) e numeros@s contusionad@s, além de três detidos espancados durante o tempo de detençom na esquadra policial viguesa. A Polícia espanhola e os media dérom a volta ao acontecido, convertendo as vítimas em agressores e os agressores em vítimas.

Toda a informaçom sobre esta nova actuaçom repressiva derivada dos acontecimentos do 1º de Maio em Vigo pode ser consultada no web nacional de BRIGA.

 

:: Mais informaçons sobre o mesmo tema

NÓS-UP contesta a decisom da Executiva da CIG de nomeá-la organizaçom "nom grata" (+...)

BRIGA publica entrevista com Sérgio Pinheiro, um dos detidos no 1º de Maio em Vigo (+...)

Liberdade com cargos para os três detidos em Vigo e novo comunicado de NÓS-Unidade Popular (+...)

1º de Maio: BRIGA avalia jornada de luita (+...)

Vigo: Jovem agredido é acusado de agressom e burocratas sindicais prometem exercer labores policiais em futuras mobilizaçons (+...)

Dirigentes da CIG dam conselhos à polícia para futuras actuaçons repressivas (+...)

Brutal repressom do 1º de Maio em Vigo, com vári@s detid@s e ferid@s (+...)

 

 

Voltar à página principal

 

 

Imagem da brutal actuaçom policial contra a manifestaçom do 1º de Maio em Vigo