Jovem soldador ferido grave em Lugo no trabalho

16 de Junho de 2006

Um jovem trabalhador de 28 anos ficou gravemente ferido quando realizava trabalhos de soldadura no alto de um andaime, a quatro metros de altura, na rua da Comunicaçom do polígono do Ceao, em Lugo.

O operário viu-se obrigado a saltar do alto do andaime ao ver que a estrutura ameaçava com ruir, acabando por sofrer graves ferimentos nos pés, ambos fracturados, no que parece um novo caso de grave negligência por parte dos responsáveis pola segurança da obra.

Como é costume, as informaçons difundidas sobre o sinistro som escassas, e no momento de redigirmos estas linhas nem trascendeu o nome da empresa responsável pola obra, se bem o facto de acontecer no sector da construçom e num trabalhador novo dá já algumhas pistas que ligam o episódio à precariedade e falta de investimento patronal em medidas de segurança no trabalho.

A organizaçom juvenil independentista BRIGA denunciou este novo sinistro, lembrando que "hoje mesmo os meios promulgavam o “conselho” que o todopoderoso FMI dava ao governo espanhol: embaratecer ainda mais o despedimento, quer dizer, fomentar ainda mais a precariedade e a impunidade empresarial, favorecer que acidentes laborais perfeitamente evitáveis, mortais e nom mortais, continuem a encher com rios de tinta os jornais."

 

Voltar à página principal