Morre um trabalhador na canteira de Carvalheda de Valdeorras

31 de Agosto de 2006

Um trabalhador berziano de 50 anos morreu no posto de trabalho quando o camiom que guiava caiu de umha altura de mais de 100 metros, numha canteira em Carvalheda de Valdeorras. O camiom afundou na água que havia no fundo do aterro, de cor escura por efeito do pó despreendido pola lousa.

O resgate do cadáver tivo que ser interrompido ao chegar a noite, ficando pendente para hoje. Por enquanto, nem a empresa nem a Administraçom autonómica dérom explicaçons sobre as causas deste novo acidente mortal, sofrido por um experiente motorista de camions.

A Conselharia de Inovaçom e Indústria anunciou a abertura de umha "expediente informativo" e o envio de peritos à zona, com o intuito de determinar as causas exactas do sinistro, que vem incrementar a lista de trabalhadores e trabalhadoras falecidas neste ano na Galiza, num sector especialmente significado polas carências quanto a garantias de segurança.

 

Voltar à página principal