Mulheres do Condado concentram-se para denunciar agressom machista com resultado de morte

14 de Setembro de 2006

No passado dia 12 de Setembro, a Assembleia de Mulheres do Condado convocou, como vem fazendo nos últimos dous anos, umha concentraçom de repulsa perante o último assassinato de umha mulher galega em maos de um homem, a quarta acontecida no transcurso do presente ano 2006.

A concentraçom tivo lugar diante da cámara municipal de Ponte Areas com a assistência de um grupo de mulheres da vila. Coreárom-se diferentes palavras de ordem em favor das mulheres e da luita feminista.

No fim do acto, umha representante da AMC deu leitura a um manifesto redigido para a ocasiom pola organizaçom feminista da vila do Tea.

Umha mulher de Ribeira que morava em Bertamiráns, de 56 anos, é por enquanto a última vítima da violência machista, sendo encontrado o seu cadáver, com evidentes signos de ter sido maltratada, abandonado no apartamento que partilhava com o companheiro.

 

Voltar à página principal