Quatro militantes de BRIGA serám julgados por colarem cartazes em Compostela

23 de Junho de 2006

A entidade juvenil independentista BRIGA está a sofrer em carne própria a política de aberta hostilidade do Governo municipal compostelano (PSOE e BNG) contra os movimentos sociais. Quatro jovens militantes independentistas vam ser julgados após terem sido denunciados por Bugalho e a sua equipa de governo "progressista e galeguista".

O motivo: terem expressado mediante cartazes a posiçom de BRIGA frente à agressom da Guarda Civil há agora um ano, quando o corpo armado espanhol desenvolveu a chamada Operaçom "Cacharrón" contra a citada formaçom.

Nom é esta a primeira vez que BRIGA sofre as represálias institucionais em Compostela polo seu trabalho social em defesa da juventude trabalhadora, nem é BRIGA a única entidade atingida pola política reaccionária do PSOE e o BNG na capital da Galiza. Associaçons culturais e entidades populares de todo o tipo som vítimas das arbitrariedades de Bugalho e Néstor Rego, inimigos declarados da liberdade de expressom.

 

:: Mais informaçons sobre o mesmo tema

NÓS-UP expressa solidariedade com os centros sociais perseguidos. (+...)

Implacável perseguiçom do Governo municipal de Compostela contra entidade normalizadora. (+...)

Associaçom cultural compostelana denuncia identificaçons policiais a associad@s da entidade. (+...)

Governo municipal compostelano tenta impedir festa em defesa da língua. (+...)

 

Voltar à página principal