Reclamam em Ponferrada mudanças políticas "claras e radicais" contra os fogos

12 de Agosto de 2006

Umhas 50 pessoas participárom ontem em Ponferrada na concentraçom convocada sob a palavra de orde "Lume, Nunca Mais!", para protestar contra o lume, as suas causas e os responsáveis políticos.

As pessoas convocantes, repartirom um manifesto no que reclamavam "mudanças claras e radicais na política ambiental, florestal e urbanística", ao tempo que criticavam "a passividade e falta de previssom institucional" por parte dos responsáveis políticos, fazendo-os culpáveis "dumha grande parte desta crise ecológica que estamos a sofrer".

Também figérom fincapé em denunciar a "emaranhada rede de intereses urbanísticos, madeireiros, políticos e de todo o tipo" que se encontram por trás da "actual campanha de lumes, que nom pode ser caracterizada mais que de terrorismo socioambiental". As pessoas participantes pedírom publicamente a colaboraçom doutras vilas e aldeias do Berzo, assim como de colectivos e organizaçons, na luita contra os incêndios florestais e na denúncia das autoridades políticas por nom assumirem as suas responsabilidades.

 

:: Mais informaçons sobre o mesmo tema

Nunca Mais volta às ruas e o BNG mete pressom para evitar críticas ao actual Governo autonómico (+...)

Concentraçom em Ponferrada contra os lumes e os responsáveis políticos (+...)

Novo comunicado de NÓS-UP reclama "umha nova política florestal e urbanística" (+...)

Fogo florestal também queima a Galiza oriental (+...)

NÓS-UP sublinha a localizaçom geográfica e os interesses urbanísticos na sua análise dos fogos florestais (+...)

O fumo nom oculta as mentiras de Tourinho (+...)

Fogos destróem rural galego e BNG reconhece que mantém estratégia do PP (+...)

 

Voltar à página principal

 

 

Um dos lumes que nestes dias atacam também a comarca do Berzo