Vítimas do holocausto galego protagonizarám Dia da Galiza Combatente

15 de Setembro de 2006

O Dia da Galiza Combatente, comemorado por sexto ano consecutivo por NÓS-Unidade Popular como homenagem aos sectores populares que, ao longo da nossa história nacional, defendêrom causas como a liberdade nacional ou os direitos sociais de género, será desta vez dedicado, no próximo dia 7 de Outubro, "às vítimas do holocausto galego".

Segundo a informaçom já disponibilizada pola formaçom independentista e socialista galega no seu web nacional, a homenagem identifica-se com as iniciativas deste "Ano da Memória", em que diversas entidades sociais e institucionais estám a lembrar a repressom maciça sofrida polos sectores mais avançados do nosso povo a partir de 1936 e durante décadas de ditadura.

Em concreto, NÓS-UP organiza umha jornada no Alto do Furriolo, na Terra de Cela Nova, onde centenas de democratas da regiom sul da Galiza fôrom fusilados polos fascistas depois do golpe de estado franquista.

"Ultrapassando a evocaçom nostálgica, sentimental e historicista"

A iniciativa de NÓS-UP quer vincar principalmente "a capacidade de luita historicamente demonstrada polo nosso povo", para além da pura "evocaçom nostálgica, sentimental e historicista", denunciando nom apenas "a liquidaçom de milhares de galegos e galegas durante quatro décadas de ditadura militar", mas também "a continuaçom do franquismo reformado que representa o sistema monárquico imposto à morte do ditador".

A homenagem é convocada sob a legenda "1936-2006 A luita continua!". Está previsto que se facilite a assistência mediante autocarros fretados por NÓS-UP, que partirám de Ferrol, Corunha, Compostela, Ponte Vedra, Vigo e Ponte Areas. Os preços, incluindo um jantar de confraternizaçom posterior aos actos, som de 15€ para estudantes e desempregad@s, e 20€ para trabalhadores/as em activo.

Eis o programa previsto para a jornada do sábado dia 7 de Outubro:

HOMENAGEM NACIONAL ÀS VÍTIMAS DO HOLOCAUSTO GALEGO

Sábado dia 7 de Outubro

Programa previsto:

· 13 horas: Concentraçom no alto do Furriolo, a poucos quilómetros de Cela Nova, onde fôrom fusiladas dúzias de presas e presos procedentes do campo de concentraçom do mosteiro de Sam Rosendo de Cela Nova.

· Intervençom de:

- Carlos Morais, membro da Direcçom Nacional de NÓS-Unidade Popular

- Diego Bernal, BRIGA (organizaçom juvenil da esquerda independentista)

- Conchita Nogueira, Comissom da Memória do 36 em Vigo

- Representante da Associaçom Cultural Arraianos

- Lois Pérez Leira , Comité Galego Bolivariano

· Oferta floral no monumento às vítimas do franquismo

· Recital poético com Igor Lugris, Cruz Martínez, Rosanegra e Ramiro Vidal Alvarinho

· Canto da Internacional e do Hino Nacional

· Posteriormente terá lugar um jantar de confraternidade num restaurante próximo.

 

Saídas dos autocarros:

FERROL-CORUNHA-COMPOSTELA- ALTO DO FURRIOLO

Ferrol às 9h da paragem das Pias

Corunha às 10h de Sam Pedro de Mezouço

Compostela às 11h da Estaçom de Autocarros

PONTE VEDRA – VIGO – PONTE AREAS – ALTO DO FURRIOLO

Ponte Vedra às 10h diante do Concelho

Vigo às 11h na Praça dos cavalos (Praça de Espanha)

Ponte Areas às 11,30 h na Baiuca Vermelha


As pessoas interessadas podem adquirir o bono na Fundaçom Artábria (Ferrol), CS Henriqueta Outeiro (Compotela), CS Revira (Ponte Vedra), LS Baiuca Vermelha (Ponte Areas) ou no Local dos argentinos no exterior (Doutor carracido nº 27, Vigo)

 

 

Voltar à página principal

 

 

Cartaz editado por NÓS-Unidade Popular para convocar esta nova ediçom do Dia da Galiza Combatente. Clica em cima para o veres aumentado
NÓS-UP vem convocando actos políticos polo Dia da Galiza Combatente ininterrompidamente desde 2001