BRIGA fai frente ao militarismo espanhol

7 de Junho de 2006

Umha dúzia de militantes da organizaçom juvenil independentista BRIGA contestárom a propaganda militarista que cada ano o Exército espanhol, com o apoio da Cámara Municipal, realiza na alameda de Ponte Vedra.

A apologia do militarismo, dirigida especialmente à juventude galega com o duplo intuito de socializar umha imagem amável do Exército espanhol e alistar moços e moças galegas, achou nesta ocasiom a firme oposiçom de um grupo de jovens independentistas, que despregárom umha faixa de rechaço à presença castrense nas ruas do nosso país.

Diversas palavras de ordem antimilitaristas e soberanistas fôrom coreadas, e um painel propagandístico coberto de tinta cor-de-rosa, dentro da que é já via tradicional de trabalho de BRIGA contra o militarismo espanhol.

Membros da polícia miltar chegárom a agredir as e os jovens concentrados, rasgando a faixa e tentando evitar que expressassem o seu rejeitamento à presença dos fardados.

Numha altura em que o militarismo espanhol exerce de força de ocupaçom activa em países como o Afeganistám ou o Haiti, BRIGA criticou nom apenas a apologia militarista realizada polo Exército espanhol nas ruas de Ponte Vedra, mas também a cobertura e apoio que o Governo municipal (BNG e PSOE) lhe dá cada ano. Toda a informaçom e as imagens do acto antimilitarista no web de BRIGA.

 

 

Voltar à página principal