Ponte Areas de Esquerda acampa para denunciar especulaçom e reivindicar direito à vivenda

4 de Abril de 2007

Integrantes do colectivo que lançou a candidatura soberanista e de esquerda em Ponte Areas realizárom no passado sábado um acampamento reivindicativo na praça da Igreja da vila do Condado, como forma de denúncia pola falta de direito à vivenda por parte da juventude trabalhadora.

Várias tendas fôrom montadas em plena praça, enquanto membros de Ponte Areas de Esquerda repartiam informaçom sobre as graves carências da política urbanística e de vivenda dos sucessivos governos municipais ponte-areáns.

O colectivo denunciou como "intolerável que para nos beneficiarmos [do direito à vivenda] haja que passar toda a vida hipotecad@s, ameaçad@s polo embargo bancário." Daí que se comprometa a defender na instituiçom municipal um Plano Geral de Ordenaçom Municipal ao serviço das pessoas que menos tenhem, evitando que "o PGOM de Ponte Areas esteja orientado e ao serviço das promotoras, construtoras, bancos e caixas."

A construçom de vivenda pública a baixo custo será umha prioridade para Ponte Areas de Esquerda, pois, afirmárom, "a maioria somos quem temos as rendas mais baixas e devemos ser esta maioria quem nos benificiemos do direito à vivenda."

Recomendamos visitar o blogue habilitado pola candidatura da esquerda soberanista em Ponte Areas, para estar a par das numerosas iniciativas apresentadas nos últimos meses.

 

Voltar à página principal