Mais umha vítima mortal por sinistro laboral na construçom

27 de Fevereiro de 2007

Um pedreiro de 52 anos morreu numha obra do concelho de Briom (comarca de Compostela), ao cair de um primeiro piso quando trabalhava numha casa unifamiliar. O cadáver foi achado polos companheiros, sem que nengum deles reparasse que o acidente tinha acontecido até esse momento.

A empresa responsável polas obras tem a sede no concelho de Rois e um dos proprietários é irmao do obreiro falecido. Carecemos de mais pormenores sobre este novo sinistro num dos sectores de actividade com maior número de acidentes mortais no mercado laboral galego.

 

Voltar à página principal