NÓS-UP denuncia escuitas e pesquisas contra filiad@s da organizaçom

18 de Novembro de 2006

NÓS-Unidade Popular respondeu num comunicado às informaçons publicadas nos últimos dias, segundo as quais os corpos repressivos espanhóis fam escuitas e outras pesquisas sobre integrantes da formaçom independentista.

A escusa para tais práticas seria a suspeita de que NÓS-UP pudesse estar envolvida em práticas de sabotagem atribuídas por fontes policiais a sectores independentistas. A organizaçom da esquerda independentista lembra no comunicado que o seu trabalho político se limita à intervençom nos movimentos sociais galegos desde o momento da sua fundaçom, sem que nunca tenha participado ou dado cobertura a outras formas de actuaçom como as apontadas por meios como La Voz de Galicia ou El Correo Gallego.

NÓS-UP detecta nas acusaçons gratuitas o objectivo de "evitar o avanço do independentismo identificando-o com práticas ilegais e de violência política". Daí que faga um chamado para que a base social de apoio da esquerda independentista nom dê ouvidos às campanhas de criminalizaçom e mostra-se confiada na medida em que cada vez mais sectores populares conhecem a sua trajectória e linha política, o que garante o insucesso das manobras intoxicadoras.

De resto, a formaçom independentista e socialista afirma que as práticas de assédio à militáncia de umha força legal ponhem em evidência o carácter escassamente democrático do Estado espanhol, em que o projecto independentista galego é continuamente alvo de perseguiçom policial e intoxicaçom mediática.

Podes ler o comunicado no web de NÓS-UP.

 

Voltar à página principal