Estudantado grego dá exemplo aos povos da Europa

9 de Março de 2007

Milhares de estudantes gregos estám a dar nestes dias exemplo aos povos europeus da incontornável necessidade de enfrentar o neoliberalismo selvagem que está a destruir controladamente o ensino e os restantes serviços e sectores públicos em todo o continente.

Mais de 10.000 estudantes saírom ontem às ruas da capital, Atenas, e da cidade de Salónica, para fazerem frente às reformas neoliberais do governo da direita, aprovadas no Parlamento burguês grego. Umhas reformas que incluem o apoio à privatizaçom do ensino universitário, impom prazos para a conclusom dos estudos e liquida qualquer resto de gestom democrática das universidades gregas, incluindo o livre acesso da polícia para reprimir qualquer eventual revolta.

A jornada de luita de ontem é mais um passo num processo que durante os dous últimos meses foi in crescendo, com a adesom maciça do alunado e de sectores docentes contrários às privatizaçons, e em favor do incremento do orçamento público para a educaçom. Ao menos 10 manifestantes fôrom ferid@s polas forças repressivas, e outras 40 pessoas detidas, o que nom fijo recuar o movimento de massas, que mantém a luita em defesa do ensino público.

Sem dúvida, a exemplar luita do povo trabalhador grego é hoje um referente para o que deve ser umha firme estratégia popular de confronto às políticas de capitalismo neoliberal cada vez mais extremo da Uniom Europeia.

 

Voltar à página principal