Jovem trabalhador morre numhas obras do porto de Marim

24 de Novembro de 2006

Roberto Cardalde, um operário de 27 anos residente na Ilha, morreu na meia-noite de ontem no Hospital Montezelo, em conseqüência de um grave acidente laboral acontecido no porto de Marim às 15.35h da mesma quarta-feira.

O trabalhador viu-se atingido pola queda de umha parede sobre a vala em que trabalhava, nas obras de alargamento do caminho de ferro do porto de Marim. Apesar do resgate protagonizado polos companheiros, os graves ferimentos no peito e na cabeça impedírom a sua recuperaçom. O Hospital de Montezelo informou de que fôrom "complicaçons derivadas dos ferimentos" que provocárom a morte cerca da meia-noite da quarta-feira.

Representantes sindicais reclamárom a intervençom do Ministério Público para que se realize umha pesquisa a fundo sobre as circunstáncias do acidente laboral, já que existem indícios, segundo a UGT, de incumprimento das directrizes de segurança, bem como de umha avaliaçom inadequada de riscos.

 

Voltar à página principal