Mulheres de AGIR realizárom III Conferência Nacional

27 de Abril de 2007

As mulheres da entidade juvenil da esquerda independentista, AGIR, reunírom no passado fim de semana o seu organismo de autoorganizaçom no seio do movimento estudantil, com o intuito de "dar umha focagem mais científica e sólida ao estudo da perpetuaçom dos papéis sociais de género".

A III Conferência Nacional da Mullher de AGIR reuniu em Compostela no passado sábado para analisar a posiçom subsidiária da mulher no actual modelo de ensino em vigor na Galiza, sendo um mecanismo de perpetuaçom do patriarcado através de "atitudes, conteúdos e valores", bem como da "invisibilizaçom da mulher, da reproduçom da divisom social do trabalho, ou da detecçom do chamado currículo oculto".

As mulheres estudantes e independentistas reafirmárom a necessidade de potencializar a co-educaçom como alternativa ao serviço da libertaçom das mulheres, junto à autoorganizaçom em organizaçons como a que AGIR vem construindo no seio do estudantado mais rupturista e de posiçons sociais mais avançadas.

A jornada foi encerrada com umha ceia no mesmo local dos debates, o centro social Henriqueta Outeiro da capital da Galiza.

 

Voltar à página principal