Foro Cultural berziano reclama devoluçom da Cruz de Penalva

29 de Janeiro de 2007

O Foro Cultural pola Província do Berzo, entidade cultural que defende a identidade, territorialidade e cultura berzianas, lançou umha campanha exigindo às autoridades castelhano-leonesas a devoluçom da Cruz de Penalva, símbolo da identidade histórica berziana incorporado ao escudo comarcal e que foi espoliado no século XIX.

A cruz votiva de Ramiro II, do século X, acha-se em Leom depois de ter sido subtraída do concelho de Penalva, no Berzo, representando para as autoridades autonómicas um "atractivo turístico" leonês, quando se trata de umha peça berziana que deveria ser conservada num museu desse território. Trata-se de umha velha reivindicaçom do tecido social mais consciente da identidade berziana, contrário à sua incorporaçom à Comunidade Autónoma de Castela e Leom.

Sem entrar em consideraçons sobre os motivos originários do traslado ao Museu Provincial de San Marcos (Leom), de onde se prevê que seja trasladada ao novo museu de Pallarés, também em Leom, a entidade cultural berziana reclama a devoluçom a um museu da terra originária, tendo em conta o valor simbólico da peça para o povo berziano.

 

Voltar à página principal