Solidariedade com @s seis vizinh@s antifascistas que hoje som julgad@s em Ponte Areas

27 de Fevereiro de 2007

Reproduzimos a seguir o comunicado remetido pola Assembleia Aberta do Local Social Baiuca Vermelha, de Ponte Areas, perante o julgalmento hoje, dia 27, de seis vizinh@s desta vila. Aproveitamos a ocasiom para reiterar a nossa solidariedade aos seis companheiros e companheiras.

"A 27 de Fevereiro, seis vizinh@s de Ponte Areas serám julgad@s na Audiência Provincial de Ponte Vedra por solicitarem a retirada do monumento a Franco. O procurador (fiscal na nomenclatura espanhola) pede um total de 24.900€, umha multa de 18.900€ e umha indemnizaçom de 3000€ para a UCPA e mais umha de 3000€ mais para Nava Castro.

A Plataforma Cidadá pola Retirada do monumento a Franco da qual faziam parte, editou há quatro anos o cartaz da imagem anexa para denunciar a permanência do monumento cuja retirada fora aprovada em pleno municipal e que a própria UCPA mantinha recorrida judicialmente
Desde a Assembleia Aberta do Local Social Baiuca Vermelha queremos denunciar esta situaçom de perseguiçom, acosa e julgamento a est@s seis vizinh@s cujo único delicto foi denunciar a presência de um monumento a um assassino na Praça Maior.

A Assembleia Aberta acabou de editar uns cartazes e elaborar umhas faixas coladas por toda a vila mas que fôrom imediatamente retiradas sem chegar a ver a maior parte delas a luz do dia.

Chamamos todos os meios de comunicaçom a darem a maior difusom possível a esta nova para pôr em conhecimento da sociedade este autêntico atropelamento à democracia."

 

Voltar à página principal