Estudantes independentistas solidarizam-se com o pessoal administrativo da Universidade de Vigo

15 de Fevereiro de 2007

A entidade estudantil AGIR fijo pública a sua adesom às reivindicaçons do pessoal de administraçom e serviços da Universidade de Vigo, que nos últimos tempos vem manifestando-se contra a precarizaçom dos empregos do pessoal nom funcionário na referida universidade.

Salários em atraso, nom reconhecimento do direito à promoçom profissional, submetimento a subcontrataçons... estes trabalhadores e trabalhadoras estám a sofrer em primeira pessoa as conseqüências da aplicaçom da lógica neoliberal ao ensino galego, situando-se as universidades à frente de um processo de dimensom europeia que pom o ensino em maos da iniciativa privada, com o lucro como primeiro objectivo.

A CIG está a promover diferentes iniciativas reivindicativas por parte do pessoal de administraçom e serviços em Vigo, Ponte Vedra e Ourense, perante a progressiva deterioraçom das condiçons laborais nas instituiçons ligadas ao ensino superior na Galiza.

O estudantado revolucionário e independentista agrupado em AGIR transmitiu "a solidariedade com a sua luita", apontando para as equipas reitorias como "responsáveis da exploraçom laboral existente a dia de hoje nas nossas Universidades".

Podes aceder ao posicionamento de AGIR no seu web nacional.

 

Voltar à página principal