[TV] Povo venezuelano quer mais socialismo

3 de Junho de 2007

Com motivo da retirada da concessom a um canal privado de telvisom (RCTV) e a correspondente entrega às comunidades populares da gestom do mesmo, a oligarquia da Venezuela tentou organizar umha resposta nas ruas, que contou com o incondicional apoio dos meios do capitalismo internacional, incluídos so principais do Estado espanhol.

Porém, foi o povo trabalhador bolivariano quem ditou sentença contra os interesses do golpismo mediático, reclamando numha multitudinária manifestaçom de centenas de milhares de pessoas novas retiradas de concessons a meios privados e o avanço da socializaçom dos mesmos.

Quando na Galiza vemos como as instituiçons e as suas forças repressivas se ponhem cada dia do lado dos poderosos, dos milionários e banqueiros, para lhes facilitarem que continuem a roubar e a destruir o nosso país, exemplos como o da Venezuela revolucionária som referentes de que é possível que o povo ocupe o poder e desmonte a ditadura da burguesia parasitária. É, por isso, compreensível que El País, El Mundo e companhia fam coro criticando a socializaçom e democratizaçom mediática que avança na Venezuela.

A seguir, oferecemos cinco minutos da intervençom do presidente venezuelano, Hugo Chávez, perante a multitude vermelha, a ratificar o caminho socialista empreendido e advertir à burguesia que "a revoluçom véu para ficar".

 

Voltar à página principal